AllatRa Pattern Tape
Logo Creative Society SOCIEDADE
CRIATIVA

Prenúncios dos últimos dias em realidades modernas

28 de maio de 2021

Se acham que a humanidade ainda tem muito tempo à frente, não é assim. A nossa civilização de hoje enfrenta os tempos finais que são falados em todas as Escrituras Sagradas. Todos os profetas avisaram-nos desses tempos, e encontramos a confirmação disso em religiões diferentes do mundo. Atualmente a humanidade inteira encontra-se perante a escolha e só agora temos uma chance única para mudar a vida para o melhor.

É disso que a oradora da conferência “Sociedade Criativa. O que os profetas sonharam”, a geóloga e geofísica Elizaveta Khromova fala, dando evidências e factos convincentes.
“Um dos sinais dos últimos dias, de acordo com a profecia bíblica, será que haverá muita vida no Mar Morto em Israel, e as suas águas serão tornadas saudáveis. E haverá muitos peixes na água”, — referiu a Elizaveta. Depois ela fala do outro prenúncio dos últimos dias que é mencionado no Alcorão: a transformação do deserto para pastagens floridas ao longo das quais rios fluem.

Елизавета Хромова о последних временах

O que vemos no mundo de hoje? O Mar Morto está a ser dessalinizado, e nele têm aparecido peixes, os desertos estão inundados com chuva e florescem.
“Alguns podem pensar que isto é excelente, o Mar Morto está a ganhar vida e o deserto está a florescer, mas isto é um sinal muito mau!”, Elizaveta diz. Ela referiu que os aguaceiros, cujo número tem aumentado muitas vezes nos últimos anos, são também sinais dos tempos finais, como escrevem na hadice do Alcorão. As dolinas e os buracos que aparecem inesperadamente mesmo nas cidades, muitas vezes aumentado o número e a magnitude dos terremotos em todo o planeta — estes são factos científicos e as nossas realidades. Hoje em dia há informação suficiente sobre eles em fontes abertas, e todos eles são prenúncios do Dia do Juízo Final, de acordo com as Escrituras.

Elizaveta disse no seu relatório que a causa de todas as mudanças climáticas é uma ordem cíclica astronômica que acontece na Terra de 12.000 em 12.000 anos. O apocalipse que pode seguir no final deste período é descrito por muitas religiões como um colapso climático, depois do qual nada vivo sobreviverá.

“Mas todas as profecias são duplas! E este é apenas um de dois cenários. Será que queremos que o cenário do Dia do Juízo Final se torne realidade? Não! Então tudo depende de nós!” — Elizaveta Khromova diz.

O caminho alternativo para as pessoas é a Sociedade Criativa. E fazer a escolha certa é da nossa responsabilidade. Podemos ficar parados e esperar pelo Dia do Juízo Final, ou unirmo-nos e procurarmos juntos soluções, ajudarmo-nos mutuamente, redirecionarmos recursos e tecnologias avançadas para os trilhos criativos, criarmos um mundo onde a vida de cada pessoa vem antes de tudo.

Descubram como nós, humanos, podemos realizar este cenário na versão completa da conferência “Sociedade Criativa. O que os profetas sonharam”.

Faça um comentário